NOTÍCIAS – EDITAIS DE FOMENTO EXTERNO

MCTI

APOIO À PESQUISA CIENTÍFICA, TECNOLÓGICA E DE INOVAÇÃO: BOLSAS DE MESTRADO E DOUTORADO-CHAMADA CNPq Nº 73/2022

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq torna pública a presente Chamada e convida os interessados a apresentarem propostas. Essa Chamada tem como objetivo apoiar Projetos Institucionais para Pesquisa científica, tecnológica e de inovação propostos por Programas de Pós-Graduação (PPGs) stricto sensu, por meio da concessão de bolsas de mestrado e doutorado, no âmbito do Programa Institucional de Bolsas de Pós-Graduação (PIBPG).

Os PPGs que pretendam concorrer às duas modalidades de bolsa (mestrado e doutorado) deverão submeter uma única proposta a esta Chamada Pública. As propostas poderão contemplar Projetos Institucionais para Pesquisa na Pós-Graduação em todas as áreas do conhecimento. 

Quanto ao proponente da proposta deverá, obrigatoriamente:

a) ser o Coordenador ou Vice-Coordenador do Programa de Pós-Graduação (PPG) stricto sensu de uma Instituição de Ensino Superior (IES) ou de uma Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICT), ou o Representante Institucional indicado pelo PPG;

b) ter seu currículo cadastrado na Plataforma Lattes, atualizado até a data limite para submissão da proposta; 

c) ser o coordenador do projeto; e

d) ter vínculo formal com a instituição de execução do projeto. 

As propostas deverão ser apresentadas utilizando-se o Formulário de Propostas online disponível na Plataforma Integrada Carlos Chagas(https://carloschagas.cnpq.br/) até o dia 24/02/2023.

Para saber mais detalhes, confira o edital.

 (CHAMADA CNPq Nº 73/2022)

 

CISB - Centro de Pesquisa e Inovação Sueco-Brasileiro MCTI

Chamada Pública MCTI/CNPq/CISB/SAAB AB nº 72/2022

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações – MCTI, juntamente com o Centro de Pesquisa e Inovação Sueco-Brasileiro – CISB e a SAAB AB, publicam a presente Chamada e convidam os interessados a apresentarem propostas nos termos aqui estabelecidos. 

O objetivo da chamada é selecionar candidatos para desenvolver parte de suas pesquisas doutorais ou projeto de pós-doutorado na Suécia em áreas definidas consensualmente entre o CNPq, o CISB e a SAAB AB listadas a seguir: 

a) Redes de comunicação: Soluções de comunicações e redes para aplicações automatizadas/autônomas. 

b) Sistemas autônomos: Sistemas de sistemas (SoS), colaborações entre plataformas tripuladas e não tripuladas, incluindo suporte à decisão e replanejamento dinâmico. Conexão com fatores humanos e cockpit de piloto único. Conceitos de operação/Níveis de automação/Inteligência On-board/Sense-and-avoid/Microeletrônica e metodologia para sistemas reconfiguráveis embarcados/Autonomia/aeronavegabilidade/Certificação. Sensores/Fusão de dados de sensores/Gestão de Dados/Inteligência Artificial. 

c) Engenharia Aeronáutica: Metodologias de avaliação de aerodinâmica instável no regime transônico, e uso de tais metodologias em análises aeroelásticas e previsão de cargas dinâmicas. Fluxo laminar; Tecnologias ativas para controle de fluxo; Arquiteturas de redes de sensores e acionadores; conceitos de design de asa laminar. 

d) Propulsão: Gestão de energia. Gerenciamento de energia do motor / modelagem eficiente da interação entre o motor e o sistema do veículo. Previsão de fluxo de entrada de aeronaves, previsão de pluma de jato e aeroacústica usando métodos de simulação de fluxo de resolução de turbulência (CFD).

e) Materiais: Materiais multifuncionais nano-reforçados para aplicações aeronáuticas. 

f) Desempenho humano: Incluindo interface homem-máquina, fatores humanos- segurança aérea/carga de trabalho/stress/consciência situacional/cockpits de nova geração/coordenação de tripulação.  

Serão selecionados até 7 bolsistas de Pós-doutorado no exterior (PDE) e até 3 bolsistas de Doutorado-sanduíche no exterior (SWE) em instituições suecas.

As propostas deverão ser enviadas utilizando-se o Formulário de Propostas online disponível no site  https://carloschagas.cnpq.br/, até o dia 3 de março de 2023. O resultado preliminar será divulgado no dia 03 de maio de 2023 no site do CNPq.

Os critérios de elegibilidade obrigatórios como proponente

a) ter seu currículo cadastrado na Plataforma Lattes, atualizado até a data limite para submissão da proposta;

b) estar cursando Doutorado no Brasil, se candidato ao doutorado-sanduíche no exterior, e título de Doutor, se candidato ao pós-doutorado no exterior

A Propp recomenda a leitura atenta da chamada pública (Chamada Pública MCTI/CNPq/CISB/SAAB AB nº 72/2022), para conhecimento dos critérios de participação e outros detalhes.

 

PROGRAMA NA MODALIDADE CÁTEDRA E PROFESSOR VISITANTE – UNIVERSIDADE DE SALAMANCA- 2022  

A PRESIDENTE DA COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR – CAPES, torna pública a seleção de bolsistas e convida os interessados a apresentarem propostas para o PROGRAMA NA MODALIDADE CÁTEDRA E PROFESSOR VISITANTE, desenvolvido em parceria com a Universidade de Salamanca – USAL, com sede na cidade de Salamanca, Espanha. 

O objetivo da chamada é a concessão de bolsas nas modalidades Cátedra e Professor Visitante, destinando-se à seleção de pesquisadores ou docentes doutores de alto nível e de notório reconhecimento pela comunidade acadêmica e científica no Brasil e no exterior, especialistas nas áreas do Direito e da Medicina.

Serão selecionados até 2 (dois) bolsistas na modalidade Cátedra, nas áreas de Direito e Medicina. E dentre os pesquisadores da USAL das áreas de Direito e Medicina, serão selecionados até 2 (dois) bolsistas, para atuarem na modalidade Professor Visitante em Universidades Brasileiras. 

As propostas deverão ser enviadas no site  https://www.gov.br/capes/pt-br, até às 17h (Horário de Brasília) do dia 14 de fevereiro de 2023. O resultado final será divulgado em maio de 2023 no mesmo endereço eletrônico.

A vigência das bolsas de estudos atenderá aos seguintes prazos: 

I – Cátedra: entre 6 (seis) e 12 (doze) meses; 

II- Pós-doutorado: entre 6 (seis) e 10 (dez) meses;

III – Doutorado Sanduíche: entre 6 (seis) e 10 (dez) meses; e

IV – Professor Visitante no Brasil: até 12 (doze) meses.

A Propp recomenda a leitura atenta da seleção pública (EDITAL Nº 46/2022), para conhecimento dos critérios de participação e outros detalhes.

 

 

FINEP MCTI

SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/FINEP/FNDCT – SUBVENÇÃO ECONÔMICA À INOVAÇÃO –  xx/2022- PROGRAMA FINEP INOVADOC 

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e a Financiadora de Estudos e Projetos – Finep tornam pública a presente Seleção Pública para o fomento de projetos de inovação oriundos de pesquisas científicas avançadas, visando sua introdução no mercado e comercialização. As propostas poderão ser submetidas por pessoas físicas ou por empresas e os projetos deverão ser coordenados por doutorandos, doutores ou pós-doutores. O programa é voltado para soluções com Nível de Prontidão Tecnológica (TRL – Technology Readiness Level) 6 ou superior, que tenham, a princípio, minimamente um protótipo validado em ambiente relevante ou operacional.

O programa buscará dar o apoio necessário para que pesquisadores – doutorandos, doutores e pós-doutores – com elevada qualificação profissional e conhecimento científico empreendam e criem novas empresas ou transfiram a tecnologia para empresas já existentes.

As propostas deverão ser enviadas à CNPq por meio da Internet, até o dia 27 de abril de 2023, por meio do Formulário de Apresentação de Propostas – FAP específico para esta Seleção Pública, disponível a partir do dia 16 de dezembro de 2022 no Portal da FINEP, no endereço http://www.finep.gov.br/. O resultado final será divulgado a partir do dia 14 de junho de 2023 no mesmo endereço eletrônico.

As propostas deverão ser apresentadas para uma das seguintes linhas:

Linha temática I – Biotech: projetos que utilizem sistemas vivos e organismos para desenvolver ou produzir produtos, ou qualquer aplicação tecnológica que use sistemas biológicos, organismos vivos ou seus derivados para fazer ou modificar produtos ou processos para uso específico.

Linha temática II – Nanotech: projetos que utilizem tecnologia de manipulação de átomos e moléculas a partir de operações em nanoescala para criação de novos materiais, produtos ou processos através da reestruturação atômica.

Linha temática III – Healthtech: projetos que desenvolvam equipamentos médicos, pesquisa farmacêutica, pesquisa genômica e bancos de germoplasma, desenvolvimento de exames ou equipamentos vestíveis, entre outros projetos que tenham por objetivo solucionar problemas do setor da saúde.

Linha temática IV – Agritech: projetos que desenvolvam soluções em agricultura de precisão e fabricação de defensivos, bioinsumos e fertilizantes, entre outros 3 de 39 desenvolvimentos que tenham por objetivo solucionar problemas da cadeia produtiva agrícola.

São elegíveis para submissão da proposta

  1. pessoas físicas, desde que sejam os pesquisadores (doutorandos, doutores ou pós-doutores) responsáveis pela coordenação do projeto. No caso de doutorandos, estes deverão estar devidamente matriculados no curso de Doutorado há pelo menos 12 meses contados a partir da data de submissão da proposta.

No âmbito desta Seleção Pública serão comprometidos recursos não reembolsáveis do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – FNDCT até o limite de R$ 50.000.000,00 (cinquenta milhões de reais).

A Propp recomenda a leitura atenta da chamada pública (PROGRAMA FINEP INOVADOC), e também dos seus anexos para conhecimento dos critérios de participação e outros detalhes.

Para mais informações, acesse a íntegra do edital abaixo.

Download (PDF, 859KB)

Chamada CNPq n° 68/2022 – Programa de Mestrado e Doutorado para Inovação (MAI/DAI)

A PROPP selecionará propostas de projetos para compor o Projeto Institucional da UFMS a ser submetido à Chamada CNPq n° 68/2022 – Programa de Mestrado e Doutorado para Inovação (MAI/DAI).

Com o objetivo de fortalecer a pesquisa, o empreendedorismo e a inovação nas Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICT), por meio do envolvimento de estudantes de graduação e de pós-graduação em projetos de interesse do setor empresarial, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) lançou a Chamada Pública n° 68/2022 – Programa de Mestrado e Doutorado para Inovação (MAI/DAI).

Nesse Programa, os bolsistas de mestrado e doutorado desenvolverão seus projetos como estudantes regulares em curso de pós-graduação existente, devendo ter um orientador acadêmico e um supervisor junto à Empresa Parceira, à qual o projeto de mestrado/doutorado estará relacionado.

Ainda, as propostas deverão apresentar aderência a, no mínimo, uma das Áreas de Tecnologias Prioritárias do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) listadas abaixo, conforme estabelecido na Portaria MCTIC nº 1.122/2020, com o texto alterado pela Portaria MCTIC nº 1.329/2020, listadas a seguir:

a) Tecnologias Estratégicas, nos seguintes setores: Espacial; Nuclear; Cibernética; e Segurança Pública e de Fronteira.

b) Tecnologias Habilitadoras, nos seguintes setores: Inteligência Artificial; Internet das Coisas; Materiais Avançados; Biotecnologia; e Nanotecnologia.

c) Tecnologias de Produção, nos seguintes setores: Indústria; Agronegócio; Comunicações; Infraestrutura; e Serviços.

d) Tecnologias para o Desenvolvimento Sustentável, nos seguintes setores: Cidades Inteligentes e Sustentáveis; Energias Renováveis; Bioeconomia; Tratamento e Reciclagem de Resíduos Sólidos; Tratamento de Poluição; Monitoramento, prevenção e recuperação de desastres naturais e ambientais; e Preservação Ambiental.

e) Tecnologias para Qualidade de Vida, nos seguintes setores: Saúde; Saneamento Básico; Segurança Hídrica; e Tecnologias Assistivas.

São também considerados prioritários, diante de sua característica essencial e transversal, os projetos de pesquisa básica, humanidades e ciências sociais que contribuam, em algum grau, para o desenvolvimento das Áreas de Tecnologias Prioritárias do MCTI e que, portanto, sejam considerados compatíveis com o requisito de aderência solicitado.

Desta forma, no âmbito da UFMS, professores permanentes dos Programas de Pós-Graduação da UFMS, poderão encaminhar propostas de projetos à PROPP, até às 17h do dia 19 de dezembro de 2022, impreterivelmente, para o e-mail dict.propp@ufms.br.

No e-mail a ser encaminhado à PROPP (dict.propp@ufms.br) pelos interessados, deverão constar os seguintes documentos devidamente preenchidos:

Anexo I – Modelo Estruturado para Apresentação da Proposta da Chamada CNPq n° 68/2022

Anexo II – Declaração de Concordância da Empresa Parceira da Chamada CNPq n° 68/2022

Anexo III – Formulário Online – Plataforma Carlos Chagas

Anexo IV – Carta de Anuência do Coordenador de Curso do PPG

 

Cada proposta poderá solicitar:

Bolsas:

a) uma a dez bolsas de Mestrado (GM, 24 meses)

b) uma a dez bolsas de Doutorado (GD, 48 meses)

c) bolsas de Iniciação Tecnológica e Industrial (ITI, 12 meses).

Importante destacar que, para cada bolsa de Mestrado (GM), deverá ser solicitada, obrigatoriamente, uma ou duas bolsas de Iniciação Tecnológica e Industrial (ITI) e, para cada bolsa de Doutorado (GD), deverá ser solicitada, obrigatoriamente, de uma a quatro bolsas de Iniciação Tecnológica e Industrial (ITI).

Observa-se que não poderá ser solicitada apenas bolsa de Iniciação Tecnológica e Industrial (ITI).

E, como contrapartida, para cada bolsa de mestrado/doutorado solicitada, será exigida uma contrapartida mínima da Empresa Parceira, conforme condições a seguir:

a) para cada bolsa de mestrado concedida, será exigida uma contrapartida mínima da Empresa Parceira no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais), em uma ou mais parcelas, conforme negociação entre a ICT e a Empresa Parceira;

b) para cada bolsa de doutorado concedida, será exigida uma contrapartida mínima da Empresa Parceira no valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais), em uma ou mais parcelas, conforme negociação entre a ICT e a Empresa Parceira;

c) não será exigida contrapartida para as bolsas ITI concedidas.

Já o recurso de contrapartida poderá ser disponibilizado pela Empresa Parceira das seguintes formas:

a) financeira: o valor deverá ser repassado à ICT ou à Fundação de Apoio indicada pela ICT, para custear despesas diretamente relacionadas à proposta.

b) econômica: equipamento(s) e demais materiais permanentes e/ou despesas de custeio efetivamente necessários para a execução da proposta. Os equipamentos e demais materiais permanentes poderão ser incorporados, desde sua aquisição, ao patrimônio da ICT.

No caso de contrapartida financeira, eventuais despesas relativas à taxa de administração exigida pela Fundação de Apoio serão de responsabilidade da Empresa Parceira, podendo chegar a quinze por cento do valor total dos recursos financeiros destinados à execução do projeto, observado o disposto no Art. 74 do Decreto n. 9.283/18, e não poderão ser contabilizadas como parte do valor mínimo de contrapartida.

Para mais informações, deverá ser consultada a Chamada CNPq n° 68/2022.

Confira aqui a Chamada do CNPq na íntegra.

Confirma aqui o Anexo I

Confira aqui o Anexo II

Confira aqui o Anexo III

Confira aqui o Anexo IV

EDITAL PROPP/UFMS Nº 208/2022 – SELEÇÃO INTERNA DE PROPOSTAS PARA O APOIO A PROJETOS DE INOVAÇÃO NA TEMÁTICA DE FOMENTO A CADEIAS PRODUTIVAS DA BIOECONOMIA EM BIOMAS BRASILEIROS – CHAMADA PÚBLICA MCTI/FINEP/FNDCT/CT-AGRO

Encontra-se a aberto o Edital PROPP/UFMS Nº 208/2022, para seleção interna de projetos de inovação que promovam soluções aos gargalos científicos e tecnológicos enfrentados na estruturação e fortalecimento de cadeias produtivas baseadas na biodiversidade brasileira, desenvolvendo essas soluções de modo a agregar e reter valor junto aos elos iniciais das cadeias produtivas, melhorando a qualidade de vida das populações atendidas, a serem submetidas no âmbito da seleção pública MCTI/FINEP/FNDCT/CT-AGRO.

Serão selecionadas até duas propostas para seleção pública MCTI/FINEP/FNDCT/CT-AGRO. As propostas devem destacar claramente soluções aos gargalos científicos e tecnológicos a serem desenvolvidas com os recursos solicitado. Serão comprometidos recursos até o limite de R$ 28.000.000,00 (vinte e oito milhões de reais), sendo o valor de cada projeto entre o mínimo de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) e o máximo de R$ 3.000.000,00 (três milhões de reais) por projeto.

 

As propostas deverão ser apresentadas pelo Sistema de Informação e Gestão de Projetos da UFMS (SIGProj), http://sigproj.ufms.br/,a partir do dia 26/09/2022 até às 17h do dia 04/11/2022. O coordenador da proposta deve cumprir alguns requisitos, conforme mencionado no item 6.1. do presente edital.

Para saber mais detalhes, confira o edital.

 

CHAMADA PÚBLICA MCTI/FINEP/FNDCT/CT-AGRO

EDITAL PROPP/UFMS Nº 208/2022

RESULTADO PRELIMINAR DAS PROPOSTAS APROVADAS

RESULTADO FINAL DAS PROPOSTAS APROVADAS

 Seleção Pública MCTI/FINEP/FNDCT

EDITAL PROPP/UFMS Nº 199/2022

EDITAL DE RETIFICAÇÃO PROPP/UFMS Nº 203

RESULTADO FINAL DAS PROPOSTAS APROVADAS

 

 

 

Inscrições para doutorado na Alemanha vão até dia 30

Serão ofertadas até 45 bolsas, sendo um máximo de dez pela CAPES e de 35 pelo Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD)

Encerra-se na sexta-feira, 30 de setembro, o prazo para apresentação de candidaturas ao Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha. É preciso preencher formulário de inscrição on-line na página do Programa, hospedado no site da CAPES, para concorrer a uma das bolsas do Edital nº 41/2022.

Até 45 bolsas serão concedidas. Para participar do processo seletivo, o candidato precisa ser brasileiro nato ou naturalizado, ou estrangeiro com autorização de residência no País. Não pode ter o título de doutor nem receber ou ter recebido, de agência pública federal, bolsa para a mesma modalidade, tampouco acumular bolsa ou benefício financeiro durante o período de vigência das atividades. Possuir confirmação formal de orientação de instituição alemã é pré-requisito.

A divulgação do resultado ocorre até março de 2023 e o início das atividades dos bolsistas, a partir de outubro do próximo ano. Do total de bolsas, até 10 serão concedidas pela CAPES e um máximo de 35 pelo Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD), parceiro da Fundação no Programa. O valor da mensalidade é de €1.300, além de outros benefícios como auxílio-deslocamento e seguro-saúde.

Sobre o CAPES/DAAD
Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha é fruto de parceria entre a CAPES e o DAAD. Por meio dele, as Agências apoiam a formação de professores e pesquisadores de alto nível, estimulando a cooperação acadêmica e o intercâmbio científico entre o Brasil e a Alemanha, e contribuindo para a mobilidade entre universidades alemãs e brasileiras.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é um órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC).
(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

 

 

Logos – FUNDECT
Identidade Visual – SEMAGRO

Chamada Fundect/CNPq Nº 29/2022  – Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores em MS 

A Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (SEMAGRO), por meio da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundect) em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), torna pública a presente Chamada e convida pesquisadores vinculados às Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs) do Estado de Mato Grosso do Sul a apresentar propostas de projetos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e de inovação para obtenção de apoio financeiro no âmbito do Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores no Brasil.

As propostas deverão ser enviadas à SIGFUNDECT por meio da Internet, até o dia 10 de novembro de 2022 no endereço https://www.fundect.ms.gov.br/sigfundect/. O resultado final será divulgado a partir do dia 02 de janeiro de 2023, no mesmo endereço eletrônico.

Serão concedidas até 20 (vinte) bolsas de Pós-Doutorado Junior (PDJ) ou Pós-Doutorado Empresarial (PDI) pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, sob responsabilidade do CNPq, e auxílio à pesquisa, sob responsabilidade da Fundect. O prazo de execução dos projetos selecionados será de até 24 (vinte e quatro meses).

O valor  mensal da bolsa é  de R$ 4.100,00 (quatro mil e cem reais) e auxílio financeiro de até R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) para despesas de capital e custeio para a execução do projeto.

Para efeitos desta chamada, o Proponente, também chamado de Coordenador da/o Proposta/Projeto, será o responsável pelo o bolsista de pós-doutorado por ele indicado. Os mesmos devem atender alguns critérios específicos divulgados na chamada pública.

As áreas de fomento dos projetos: 

 I – Agronegócio 

II – Bioeconomia

 III – Biotecnologia

 IV – Cidades Inteligentes 

V – Energias Renováveis 

VI – Biodiversidade 

VII – Saúde Animal 

VIII – Saúde Humana

 IX – Tecnologias Sociais e Assistivas

A Propp recomenda a leitura atenta da chamada pública (FUNDECT), e também dos seus anexos para conhecimento dos critérios de participação e outros detalhes.

Para mais informações, acesse a íntegra do edital abaixo.

Chamada Fundect/CNPq Nº 29/2022 – Programa de Apoio à Fixação de Jovens Doutores em MS

 

Universität Münster erhält neues Logo – Design Tagebuch

EDITAL Nº 39/2022PROGRAMA CÁTEDRA BRASIL DA UNIVERSIDADE DE MÜNSTER – 2022

A COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR – CAPEs  e a Universidade de Münster (Westfälische Wilhelms-Universität Münster – WWU) tornam pública a seleção de bolsistas e convidam os interessados a apresentarem propostas nos termos aqui estabelecidos para o Programa Cátedra CAPES/MÜNSTER.

O presente Edital selecionará 1 (um) bolsista da modalidade Cátedra, por chamada, o qual poderá indicar 1 (um) bolsista de Pós-doutorado e 1 (um) bolsista de Doutorado Sanduíche para promover a colaboração em educação e pesquisa entre a Alemanha e o Brasil, assim como em aperfeiçoar o conhecimento sobre o Brasil na Alemanha, conforme as diretrizes constantes no Acordo de cooperação entre a Universidade de Münster (Westfälische Wilhelms-Universität Münster – WWU) e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

O presente Edital será composto por 02 (duas) chamadas. O tema da chamada 01 é “Conhecimento do contexto do tumor como alvo na terapia do câncer” (Understanding the Tumor Environment as a Target in Cancer Therapy). As inscrições podem ocorrer até dia às 17h (horário de Brasília) do dia 7 de outubro de 2022. O resultado final será divulgado em janeiro de 2023.

O tema da chamada 02 é “Cidades Inteligentes e Participação Política Online (Smart Cites and Political Online Participation). As inscrições começam no dia 01 de novembro de 2022 e podem ser feitas até dia às 17h(horário de Brasília) do dia 10 de fevereiro de 2023.  O resultado final será divulgado até dia 28 de abril de 2023.

A vigência das bolsas de estudos serão nas seguintes modalidades:

I – Cátedra: entre 6 (seis) e 18 (dezoito) meses, divido em até 03 (três) partes;

II – Pós-doutorado, entre 6 (seis) e 12 (doze) meses; e

III – Doutorado Sanduíche, 6 (seis) e 12 (doze) meses.

Cada modalidade deve cumprir os requisitos obrigatórios para que a proposta seja aceita.

A Propp recomenda a leitura atenta da chamada pública (https://www.gov.br/capes/pt-br/centrais-de-conteudo/editais/23082022_Edital_1780968_SEI_CAPES__1779276__Edital_39.pdf) e também dos seus anexos para conhecimento dos critérios de participação e outros detalhes.

Para mais informações, acesse a íntegra do edital abaixo.

EDITAL Nº 39/2022- PROGRAMA CÁTEDRA BRASIL DA UNIVERSIDADE DE MÜNSTER – 2022

 

PROGRAMA CONJUNTO DE BOLSAS DE DOUTORADO NA REPÚBLICA FEDERAL DA ALEMANHA CAPES/DAAD – EDITAL Nº 41/2022

A Presidente da COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR (CAPES), torna público o Edital para a seleção de bolsistas para o Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha CAPES/DAAD.

O Programa selecionará bolsistas no âmbito das ações conjuntas relativas aos programas de bolsa de Doutorado na República Federal da Alemanha, nos termos do Acordo assinado entre a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD), em 26 de junho de 2018, para fomentar o intercâmbio científico e a mobilidade acadêmica de discentes. No Brasil, a entidade responsável pelo programa é a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, vinculada ao Ministério da Educação. Na Alemanha, a entidade responsável pelo programa é o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico – DAAD.

As inscrições deverão ser feitas no site da CAPES , até às 17h (horário de Brasília) do dia 30 de setembro de 2022, por meio do Formulário de inscrição e envio da documentação obrigatória específica para esta Seleção Pública, disponível no Portal da CAPES, no endereço https://www.gov.br/capes/pt-br. O resultado final será divulgado até março de 2023.

 

As propostas poderão ser submetidas para a concessão de bolsas em todas as áreas do conhecimento.

A CAPES financiará até 10 (dez) bolsas no exterior, considerando os seguintes quantitativos, modalidades e durações:

I – até 2 (duas) bolsas, na modalidade Doutorado Pleno, por no máximo 48 (quarenta e oito) meses;

 II – até 6 (seis) bolsas, na modalidade Doutorado Sanduíche, entre 4 (quatro) e 12 (doze) meses; 

e III – até 2 (duas) bolsas, na modalidade Doutorado Sanduíche com cotutela, entre 4 (quatro) e 18 (dezoito) meses.

 

O DAAD financiará até trinta e cinco bolsas na Alemanha, considerando os seguintes quantitativos, modalidades e durações:

 I – até 10 (dez) bolsas, na modalidade Doutorado Pleno, por no máximo quarenta e oito meses;

II – até 5 (cinco) bolsas, na modalidade Doutorado Sanduíche Curto, entre sete e doze meses

IV – até 15 (quinze) bolsas, na modalidade Doutorado Sanduíche, entre doze e vinte e quatro meses; 

e V – até 5 (cinco) bolsas, na modalidade Doutorado Sanduíche com cotutela, entre dezoito e vinte e quatro meses.

 

Os requisitos para a candidatura neste Edital são:

I- ser brasileiro nato ou naturalizado, ou estrangeiro com autorização de residência; 

II – não ter o título de doutor;

 III – não receber ou ter recebido bolsa para a mesma modalidade de agência pública federal, requisito necessário para candidatos à bolsa CAPES ou do DAAD; 

IV – não acumular bolsa ou benefício financeiro, de qualquer natureza, concedido por agência pública federal durante o período de vigência dos benefícios concedidos; e 

V – possuir confirmação formal de orientação de instituição alemã.

As vagas destinadas à Doutorado Sanduíche e Doutorado Sanduíche com cotutela, devem obrigatoriamente atender a mais requisitos conforme previsto no edital.

 

A Propp recomenda a leitura atenta da chamada pública (https://www.gov.br/capes/pt-br/centrais-de-conteudo/editais/30082022_Edital_1784385.pdf), e também dos seus anexos para conhecimento dos critérios de participação e outros detalhes.

Para mais informações, acesse a íntegra do edital abaixo.

EDITAL Nº 41/2022

PROGRAMA CAPES-PURDUE DE DOUTORADO EM AGRICULTURA – EDITAL Nº 40/2022

A Presidente da COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR (CAPES), torna pública a seleção de bolsistas para o Programa CAPES-Purdue de Doutorado em Agricultura.

O Programa CAPES-Purdue de Doutorado em Agricultura selecionará até 5 (cinco) bolsistas na modalidade Doutorado Pleno, com duração de até 5 (cinco) anos, para fomentar o intercâmbio científico e a qualificação acadêmica de discentes do Brasil, na área prioritária de Agricultura. Os estudos serão realizados na Universidade Purdue (Purdue), nos Estados Unidos da América (EUA), nos termos do Acordo de Cooperação entre a CAPES e a Universidade Purdue, assinado em 26 de março de 2019.

As inscrições deverão ser feitas no site da CAPES , até às 17h (horário de Brasília) do dia 14 de outubro de 2022, por meio do Formulário de inscrição e envio da documentação obrigatória específica para esta Seleção Pública, disponível no Portal da CAPES, no endereço https://www.gov.br/capes/pt-br. O resultado final será divulgado até o dia 3 de março de 2023 no mesmo endereço eletrônico.

O candidato deverá escolher um dos temas ao se inscrever neste Edital, conforme listagem abaixo: 

  1. Agricultura Digital; 
  2.  Ciências Vegetais: Fenotipagem e Genética; 
  3.  Energia Verde.

Os critérios de admissão na Universidade Purdue são definidos pelos departamentos individuais vinculados à Faculdade de Agricultura.

Os requisitos para a candidatura neste Edital são:

I – ser brasileiro nato ou naturalizado, ou estrangeiro com autorização de residência, ou o antigo visto permanente;

 II – residir no Brasil no momento da candidatura e durante todo o processo de seleção; 

III – ter cursado e possuir diploma de bacharelado ou equivalente, com duração regular mínima de 4 (quatro) anos; 

IV – não acumular bolsa ou benefício financeiro, de qualquer natureza, concedido por agência pública federal durante o período de vigência dos benefícios concedidos; e 

V – não ter cursado ou estar cursando doutorado ou ter título de doutor em qualquer área do conhecimento.

Além disso, Os candidatos deverão comprovar, obrigatoriamente, nível de proficiência na língua inglesa e apresentar as seguintes notas mínimas em um dos testes abaixo:

  1. TOEFL iBT: mínimo de 100 pontos;
  2. IELTS: mínimo total de 7,0 pontos.

A Propp recomenda a leitura atenta da chamada pública (https://www.gov.br/capes/pt-br/centrais-de-conteudo/editais/30082022_Edital_1787797_SEI_CAPES___1783122___Edital40.pdf), e também dos seus anexos para conhecimento dos critérios de participação e outros detalhes.

Para mais informações, acesse a íntegra do edital abaixo.

DOUTORADO EM AGRICULTURA – EDITAL Nº 40/2022

EDITAL PROPP/UFMS Nº 199/2022 – SELEÇÃO INTERNA DE PROPOSTAS PARA SUBMISSÃO À CHAMADA PÚBLICA MCTI/FINEP/FNDTC FOODTHECS

Encontra-se a aberto o Edital PROPP/UFMS Nº 199/2022, para seleção interna de propostas para o apoio a projetos de pesquisa científica e tecnológica e de inovação focada nos sistemas alimentares contemporâneos, novos ingredientes, proteínas alternativas e novas tecnologias de alimentos, a serem submetidas no âmbito da seleção pública MCTI/FINEP/FNDCT FOODTECHS.

As propostas poderão ser dividas em três linhas temáticas, cada uma, contendo valor mínimo e máximo de financiamento, consoante a seleção pública MCTI/FINEP/FNDCT FOODTECHS, podendo ser selecionada até uma proposta da linha temática 1, duas propostas na linha temática 2 e duas propostas na linha temática 3. As propostas deverão destacar claramente o produto, processo ou serviço inovador a ser desenvolvido com os recursos solicitados.

As propostas deverão ser apresentadas pelo Sistema de Informação e Gestão de Projetos da UFMS (SIGProj), http://sigproj.ufms.br/,até dia 16/09/2022. O coordenador da proposta deve cumprir alguns requisitos, conforme mencionado no item 6.1. do presente edital.

Para saber mais detalhes, confira o edital.

 

CHAMADA PÚBLICA MCTI/FINEP/FNDTC FOODTHECS

EDITAL PROPP/UFMS Nº 199/2022

 

 

 

Logo Ministério da Saúde

CONSTRUÇÃO DE METODOLOGIA PARA A FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS ESTADUAIS DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO E DE PROMOÇÃO DA SAÚDE E APOIO À IMPLEMENTAÇÃO – CHAMADA CNPQ/MS/SAPS/DEPROS Nº 51/2022

 

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq e o Ministério da Saúde, tornam pública a presente Chamada e convidam os interessados a apresentarem propostas nos termos aqui estabelecidos.

A chamada tem o objetivo de apoiar a seleção e contratação de 02 (dois) projetos de pesquisa com propostas de desenvolvimento de metodologia de formulação de políticas estaduais, sendo uma voltada à Alimentação e Nutrição e uma voltada à Promoção da Saúde.

As propostas deverão ser encaminhadas ao CNPq exclusivamente via Internet, utilizando-se o Formulário de Propostas online disponível na Plataforma Integrada Carlos Chagas (http://carloschagas.cnpq.br) até o dia 05 de outubro de 2022. O resultado final será divulgado a partir do dia 02 de dezembro de 2022.

Os requisitos para a candidatura neste Edital como proponente devem atender aos seguintes critérios:

  1. ter seu currículo cadastrado na Plataforma Lattes, atualizado até a data limite para submissão da proposta;
  2. possuir o título de Doutor ou livre-docência;
  3. ser obrigatoriamente o coordenador do projeto;
  4. ter vínculo empregatício, celetista ou estatutário, com a instituição de execução do projeto;
  5. ser vinculado à Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICT), conforme definição pelo inciso V do caput do art. 2º da Lei nº 10.973, de 2004.

As propostas aprovadas serão financiadas com recursos no valor global de R$ 1.600.000,00 (um milhão e seiscentos mil reais), sendo R$ 320.000,00 (trezentos e vinte mil reais) em custeio e R$ R$ 1.280.000,00 (um milhão, duzentos e oitenta mil reais) em bolsa.

Somente será contratada uma única proposta para cada uma das linhas de pesquisa indicadas:

  1. Desenvolvimento de metodologia de formulação de políticas estaduais de Alimentação e Nutrição, no âmbito do Sistema Único de Saúde
  2. Desenvolvimento de metodologia de formulação de políticas estaduais de Promoção da Saúde, no âmbito do Sistema Único de Saúde.

A Propp recomenda a leitura atenta da chamada pública (http://memoria2.cnpq.br/web/guest/chamadas-publicas?p_p_id=resultadosportlet_WAR_resultadoscnpqportlet_INSTANCE_0ZaM&filtro=abertas/), e também dos seus anexos para conhecimento dos critérios de participação e outros detalhes.

 

Para mais informações, acesse a íntegra do edital abaixo.

CHAMADA CNQP Nº 51/2022

 

Chamada CNPq/MCTI/FNDCT/CT-Hidro Nº 63/2022 – Gestão Integrada de Recursos Hídricos e Zonas Costeiras no Contexto das Mudanças Climáticas 

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, com financiamento do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) e seguindo das diretrizes emanadas do Ministério da Ciência, Tecnlogia e Iovações (MCTI) tornam pública a Chamada  CNPq/MCTI/FNDCT/CT-Hidro Nº 63/2022, que tem por objetivo apoiar projetos de pesquisa e desenvolvimento científico e tecnológico relacionados à (I) gestão integrada de recursos hídricos na zona costeira brasileira; (II) investigação de alternativas de adaptação às mudanças do clima considerando o nexo segurança hídrica, alimentar e energética; (III) avanço na fronteira do conhecimento a respeito da compreensão sobre a eficiência hídrica e a segurança hídrica no contexto das mudanças climáticas; e (IV) pesquisa para avaliação, monitoramento da qualidade da água e mitigação da poluição e degradação de ecossistemas. Essas pesquisas devem estar alinhadas às políticas nacionais e às metas pertinentes aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS. 

As propostas deverão ser enviadas à CNPq por meio da Internet, até o dia 30 de setembro de 2022, por meio do Formulário de Apresentação de Propostas – FAP específico para esta Seleção Pública, disponível a partir do dia 23 de agosto de 2022 no Portal da CNPq, no endereço https://www.gov.br/cnpq/pt-br. O resultado final será divulgado no dia 9 de dezembro de 2022 no mesmo endereço eletrônico.

As propostas deverão ser apresentadas para uma das seguintes linhas:

Linha temática 1 – Gestão integrada de recursos hídricos na zona costeira brasileira

Linha temática 2 – Eficiência, Segurança hídrica e Qualidade da água

Linha temática 3 – Recursos hídricos e Zonas costeiras no contexto das mudanças climáticas

 

São elegíveis a participação neste edital:

  1. Na qualidade Proponente, o responsável pela apresentação da proposta deverá, obrigatoriamente:
    1. ter seu currículo cadastrado na Plataforma Lattes, atualizado até a data limite para submissão da proposta; 
    2. possuir o título de Doutor; 
    3. ser o coordenador do projeto;
    4. possuir vínculo celetista ou estatutário com a instituição de execução do projeto ou, se aposentado, comprovar manter atividades acadêmicos-científicas e apresentar declaração da instituição de execução do projeto concordando com a sua execução.

 

A Propp recomenda a leitura atenta da chamada pública (http://memoria2.cnpq.br/web/guest/chamadas-publicas?p_p_id=resultadosportlet_WAR_resultadoscnpqportlet_INSTANCE_0ZaM&filtro=abertas&detalha=chamadaDivulgada&idDivulgacao=11166), e também dos seus anexos para conhecimento dos critérios de participação e outros detalhes.

Para mais informações, acesse a íntegra do edital abaixo.

Chamada CNPq/MCTI/FNDCT Nº 63/2022


Chamada CNPq/MCTI/FNDCT Nº 62/2022 – Sistemas de Observação e Monitoramento Oceânico relacionados ao Global Ocean Observing System (GOOS) Brasil

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, com financiamento do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) e seguindo as diretrizes do Ministério da Ciência Tecnologia e Inovações (MCTI), tornou pública a Chamada CNPq/MCTI/FNDCT Nº 62/2022, que tem o objetivo de apoiar projetos que visem estruturar uma Rede de Pesquisa de Observação e Monitoramento Oceânico relacionados ao Global Ocean Observing System (GOOS) Brasil, sistema nacional de observação dos oceanos visando a coleta, controle de qualidade, distribuição operacional de dados oceanográficos e monitoramento oceanográfico e climatológico no Atlântico Sul e tropical.

Apoiar projetos que visem estruturar uma Rede de Pesquisa de Observação e Monitoramento Oceânico relacionados ao Global Ocean Observing System (GOOS) Brasil, sistema nacional de observação dos oceanos visando a coleta, controle de qualidade, distribuição operacional de dados oceanográficos e monitoramento oceanográfico e climatológico no Atlântico Sul e tropical.

As propostas deverão ser enviadas à CNPq por meio da Internet, até o dia 30 de setembro de 2022, por meio do Formulário de Apresentação de Propostas – FAP específico para esta Seleção Pública, disponível a partir do dia 23 de agosto de 2022 no Portal da CNPq, no endereço https://www.gov.br/cnpq/pt-br. O resultado final será divulgado no dia 9 de dezembro de 2022 no mesmo endereço eletrônico.

Os projetos deverão ser estruturados em Rede e deverão contemplar todas as Linhas de Pesquisa associadas às Plataformas de Sensores e Equipamentos:

Linha temática 1 – Plataformas Autônomas:

  1. liders/AUV e Derivadores/ARGO

Linha temática 2 – Plataformas Remotas:

  1. Sensoriamento Remoto

Linha temática 3 – Plataformas Fixas:

  1. Marégrafos, Fundeio Águas Rasas, Fundeio Águas Profundas e Estações Terrestres.

Linha temática 4 – Plataformas Móveis:

  1. a) Hidrografia, Navios de Oportunidade e Rastreamento de Animais Marinhos.

 

São elegíveis a participação neste edital:

  1. Na qualidade Proponente e Equipe, o responsável pela apresentação da proposta deverá, obrigatoriamente:
    1. ter seu currículo cadastrado na Plataforma Lattes, atualizado até a data limite para submissão da proposta;
    2. possuir o título de Doutor;
    3. ser o coordenador do projeto;
    4. possuir vínculo celetista ou estatutário com a instituição de execução do projeto ou, se aposentado, comprovar manter atividades acadêmicos-científicas e apresentar declaração da instituição de execução do projeto concordando com a sua execução.

 

A Propp recomenda a leitura atenta da chamada pública (http://memoria2.cnpq.br/web/guest/chamadas-publicas?p_p_id=resultadosportlet_WAR_resultadoscnpqportlet_INSTANCE_0ZaM&filtro=abertas&detalha=chamadaDivulgada&idDivulgacao=11166), e também dos seus anexos para conhecimento dos critérios de participação e outros detalhes.

 

Para mais informações, acesse a íntegra do edital abaixo.

Chamada CNPq/MCTI/FNDCT Nº 62/2022


 

Chamada CNPq/MCTI-FNDCT No 61/2022 – Ciência Cidadã e Divulgação Científica: Programa Ciência no Mar, Ciência Antártica e Ações Nacionais voltadas à Década das Nações Unidas da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, com financiamento do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) e seguindo as diretrizes emanadas do Ministério da Ciência Tecnologia e Inovações, tornou pública a Chamada CNPq/MCTI-FNDCT No 61/2022 que tem por objetivo apoiar projetos de ciência cidadã e de difusão para pesquisa científica, tecnológica e de inovação que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento e o aperfeiçoamento do Programa Ciência no Mar e Ciência Antártica do MCTI e as ações nacionais para a Década das Nações Unidas da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável.

As propostas deverão ser enviadas à CNPq por meio da Internet, até o dia 30 de setembro de 2022, por meio do Formulário de Apresentação de Propostas – FAP específico para esta Seleção Pública, disponível a partir do dia 23 de agosto de 2022 no Portal da CNPq, no endereço https://www.gov.br/cnpq/pt-br. O resultado final será divulgado no dia 9 de dezembro de 2022 no mesmo endereço eletrônico.

As propostas deverão ser apresentadas para uma das seguintes linhas:

Linha temática 1 – Divulgação Científica

Linha temática 2 – Ciência Cidadã

Independentemente da Linha de Pesquisa escolhida, a proposta deverá abordar ao menos um dos seguintes Temas:

Tema 1: Ciência Antártica

Tema 2: Ciência no Mar

Cada proposta aprovada, independente da linha, poderá receber financiamento entre R$300 mil e R$1 milhão.

São elegíveis a participação neste edital:

1. Na qualidade Proponente, o responsável pela apresentação da proposta deverá, obrigatoriamente:
a) ter seu currículo cadastrado na Plataforma Lattes, atualizado até a data limite para submissão da proposta;
b) possuir o título de Doutor;
c) ser o coordenador do projeto;
d) possuir vínculo celetista ou estatutário com a instituição de execução do projeto ou, se aposentado, comprovar manter atividades acadêmicos-científicas e apresentar declaração da instituição de execução do projeto concordando com a sua execução.

A Propp recomenda a leitura atenta da chamada pública (http://memoria2.cnpq.br/web/guest/chamadas-publicas?p_p_id=resultadosportlet_WAR_resultadoscnpqportlet_INSTANCE_0ZaM&filtro=abertas/), e também dos seus anexos para conhecimento dos critérios de participação e outros detalhes.

Para mais informações, acesse a íntegra do edital abaixo.
Chamada CNPq/MCTI-FNDCT Nº 61/2022


Seleção Pública MCTI/FINEP/FNDCT – Desenvolvimento de Aplicações em Redes 5G Privadas

A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) torna pública a SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/FINEP/FNDCT, que tem o objetivo de conceder recursos financeiros não reembolsáveis para ICTs credenciadas junto ao Comitê da Área de Tecnologia da Informação (CATI) para o desenvolvimento de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação relativos ao desenvolvimento de aplicações (plataformas e/ou softwares ou sistemas computacionais) que apoiem a implementação de novos serviços potencializados pelas características das redes 5G privadas.

Tecnologia 5G corresponde à quinta geração de transporte de dados em redes envolvendo dispositivos móveis e que tem potencial de contribuir para geração de novos serviços de valor agregado associados à mobilidade. Os principais diferenciais dessa tecnologia são os de habilitar a conexão de dispositivos de forma massiva com o crescimento da comunicação entre máquinas (Internet das Coisas Massiva); elevar a taxa de transmissão permitindo envio e recebimento de conteúdos digitais mais complexos (banda larga móvel avançada); e baixa latência possibilitando aplicações em tempo real e uma conexão mais confiável (Internet das Coisas Crítica).

As propostas deverão ser enviadas à FINEP por meio da Internet, até as 18h (horário de Brasília) do dia 29 de agosto de 2022, por meio do Formulário de Apresentação de Propostas – FAP específico para esta Seleção Pública, disponível a partir do dia 20 de julho no Portal da FINEP, no endereço www.finep.gov.br. O resultado final será divulgado no dia 21 de novembro de 2022 no mesmo endereço eletrônico.

Serão apoiados projetos que contemplem soluções inovadoras aderentes às Linhas Temáticas abaixo relacionadas:

Linha temática 1 – Agro 4.0 com projetos aderentes aos seguintes subtemas:

a) Sensoriamento e telecomando de dispositivos para agricultura
b) Monitoramento e controle de silos;
c) Transporte e garantia da qualidade de alimentos;

Linha temática 2 – Cidades Inteligentes com projetos aderentes aos seguintes subtemas:

a) Engenharia Civil;
b) Redes Elétricas Inteligentes
c) Segurança Pública e/ou Privada;
d) Campus Inteligente.

Linha temática 3 – Indústria 4.0 se desdobra no seguinte subtema:

a) Processos 4.0.

Linha temática 4 – Saúde 4.0 se desdobra nos seguintes subtemas:

a) Monitoramento remoto de sinais vitais;
b) Monitoramento de áreas hospitalares;
c) Telemedicina.

São elegíveis a participação neste edital:
a) Na qualidade de CONVENENTE: Fundação de Apoio, ICT pública e ICT privada;
b) Na qualidade de EXECUTORA :ICT pública e ICT privada;

As propostas deverão ser apresentadas em arranjo institucional composto por uma única Instituição Proponente (convenente), que será responsável pelo gerenciamento e execução financeira do projeto e por pelo menos uma ICT Executora, que será responsável pela coordenação e execução técnica do projeto.

A UFMS poderá apresentar apenas uma proposta como ICT Executora. Assim, eventuais interessados deverão encaminhar manifestação de interesse, até o dia 25/08, para a Diretoria de Pesquisa (dipep.propp@ufms.br), contendo breve resumo da proposta de projeto, contemplado as seguintes informações:
1) Linha temática e assunto escolhido;
2) Unidade propositora;
3) Coordenador da Proposta;
4) Título da proposta;
5) Resumo da proposta;
6) Objetivos da proposta;
7) Prazo do projeto proposto.

Caso exista mais de uma proposta, a PROPP, alinhada ao Plano de Desenvolvimento Institucional da UFMS, escolherá àquela com maior aderência à política de pesquisa e pós-graduação, e ainda, a PROPP poderá solicitar restruturação/ajuste na proposta, por tratar-se de proposta institucional.

A Propp recomenda a leitura atenta da chamada pública (http://www.finep.gov.br/chamadas-publicas/chamadapublica/695), e também dos seus anexos para conhecimento dos critérios de participação e outros detalhes.

Para mais informações, acesse a íntegra do edital abaixo.
SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/FINEP/FNDCT – DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES EM REDES 5G PRIVADAS


Seleção Pública MCTI/FINEP/FNDCT – Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação no Diagnóstico, Tratamento e Reabilitação de Pessoas com Doenças Raras (DR)

A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovaçõs (MCTI) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) torna pública a SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/FINEP/FNDCT, que tem o objetivo de conceder recursos financeiros não-reembolsáveis para pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação, em projetos que envolvam risco tecnológico para o diagnóstico, tratamento e reabilitação de pessoas com Doenças Raras (DR), a fim de reduzir a incapacidade causada por essas doenças, contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas com doenças raras e melhorar o acesso aos serviços de saúde e à informação.

Doença Rara (DR) é definida como aquela que acomete até 65 pessoas a cada 100 mil indivíduos, ou 1,3 pessoas para cada 2 mil indivíduos, com base em dados oficiais nacionais ou, quando inexistentes, em dados publicados em documentação técnico-científica (Política Nacional de Atenção Integral às Pessoas com Doenças Raras – Portaria nº 199/ 2014).

As propostas deverão ser enviadas à FINEP por meio da Internet, até as 17h do dia 8 de setembro de 2022, por meio do Formulário de Apresentação de Propostas – FAP específico para esta Seleção Pública, disponível a partir do dia 9 de agosto no Portal da FINEP, no endereço www.finep.gov.br. O resultado final será divulgado no dia 6 de dezembro de 2022 no mesmo endereço eletrônico.

Serão apoiados projetos que contemplem soluções inovadoras aderentes às Linhas Temáticas abaixo relacionadas:

Linha temática 1 – Rastreamento, diagnóstico e marcadores prognósticos de Doença Rara (DR) com foco em um ou mais dos seguintes aspectos:

a) Desenvolvimento de insumos e aprimoramento de técnicas de metabolômica (que inclui lipidômica, proteômica e glicômica), sequenciamento genômico em larga escala e bioinformática para melhorar o diagnóstico de DR;

b) Estudos demonstrando a aplicação de sequenciamento de nova geração como teste de primeira linha para acelerar o diagnóstico de DR;

c) Avaliação da variabilidade de penetrância e de expressividade em DR (associação entre genótipo e fenótipo);

d) Biomarcadores na progressão de DR;

e) Novos métodos para rastreamento neonatal e diagnóstico de DR para atualização das tecnologias implementadas no SUS;

f) Desenvolvimento de tecnologias point of care para diagnóstico de DR.

Linha temática 2 – Abordagem terapêutica de Doença Rara (DR), incluindo ensaios clínicos, com foco em um ou mais dos seguintes aspectos:

a) Terapias avançadas;

b) Desenvolvimento de novas drogas e reposicionamento de drogas;

c) Biológicos e Plataformas de biotecnologia;

d) Biomarcadores de resposta ao tratamento;

e) Tecnologia farmacêutica e nanotecnologia (delivery de drogas e terapias).

São elegíveis a participação neste edital:
a) Na qualidade de CONVENENTE: Fundação de Apoio, ICT estadual, municipal ou distrital e ICT privada;
b) Na qualidade de EXECUTORA PRINCIPAL: ICT pública e ICT privada;
c) Na qualidade de CO-EXECUTORA: ICT pública e ICT privada;
d) Interveniente CO-FINANCIADORA: Empresa(s) brasileira(s) – OPCIONAL.

As propostas deverão ser apresentadas em arranjo institucional composto por uma única Instituição Proponente (convenente), que será responsável pelo gerenciamento e execução financeira do projeto, e por pelo menos uma ICT Executora, que será responsável pela coordenação e execução técnica do projeto. O prazo máximo de execução do projeto deverá ser de 36 (trinta e seis) meses de duração, prorrogáveis por até 6 (seis) meses de acordo com a necessidade técnica.

A UFMS poderá apresentar uma única proposta como ICT Executora. Assim, eventuais interessados deverão encaminhar até o dia 26/09, e-mail para a Diretoria de Pesquisa (dipep.propp@ufms.br), contendo o resumo do projeto contemplado as seguintes informações:

1) Linha temática e assunto escolhido;
2) Unidade propositora;
3) Coordenador da Proposta;
4) Título da proposta;
5) Resumo da proposta;
6) Objetivos da proposta;
7) Prazo do projeto proposto;
8) Equipe do projeto proposto;
9) Orçamento pleiteado.

Caso exista mais de uma proposta, a PROPP, alinhada ao Plano de Desenvolvimento Institucional da UFMS, escolherá àquela com maior aderência à política de pesquisa e pós-graduação, e ainda, a PROPP poderá solicitar restruturação/ajuste na proposta, por tratar-se de proposta institucional.

A Propp recomenda a leitura atenta da chamada pública (http://www.finep.gov.br/chamadas-publicas/chamadapublica/704), e também dos seus anexos para conhecimento dos critérios de participação e outros detalhes.

Para mais informações, acesse a íntegra do edital abaixo.

SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/FINEP/FNDCT – TRATAMENTO E REABILITAÇÃO DE PESSOAS COM DOENÇAS RARAS (DR)


CHAMADA PÚBLICA MCTIC/FINEP/CT-INFRA 04/2018 – Temática
Apoio à Infraestrutura de Pesquisa em Áreas Temáticas
Seleção pública de propostas para apoio a projetos institucionais de infraestrutura para pesquisa científica e tecnológica em áreas temáticas

  • Edital FINEP CT-INFRA 04/2018
  • Pesquisadores responsáveis pela preparação dos subprojetos
    • Linha 1: Biotecnologia
      – Denise Brentan da Silva – PPG em Biotecnologia e Biodiversidade
      – Edgar Julian Paredes Gamero – PPG em Biotecnologia e Biodiversidade
      – Fabiana Fonseca Zanoelo – PPG em Bioquímica e Biologia Molecular
      – Paulo Eduardo Teodoro – PPG em Agronomia
      – Fernando Borges – PPG em Ciência Animal
    • Linha 2: Ciências Biomédicas e da Saúde
      – Alexandra Maria Almeida Carvalho – PPG em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste
      – Alessandra Gutierrez de Oliveira – PPG em Doenças Infecciosas e Parasitárias
      – Júlio Henrique Rosa Croda – PPG em  Doenças Infecciosas e Parasitárias
      – Carlos Alberto do Nascimento Ramos – PPG em Ciências Veterinárias
    • Linha 3: Engenharias
      – Edson Antonio Batista – PPG em Engenharia Elétrica
      – Ana Paula da Silva Milani – PPG em Eficiência Energética e Sustentabilidade
      – Carlos Nobuyoshi Ide – PPG em Tecnologias Ambientais
    • Linha 4: Ciências Sociais
      – Alexandra Ayach Anache – PPG em Psicologia
      – Guilherme Rodrigues Passamani – PPG em Antropologia Social
      – Elizabete Aparecida Marques – PPG em Estudos de Linguagens
      – Antonio Carlos do Nascimento Osorio – PPG em Educação
      – Luiz Miguel Renda Dos Santos – PPG em Ciências Contábeis
    • Linha 5: Nanotecnologia
      – Heberton Wender Luiz Dos Santos – PPG em Ciências dos Materiais
      – Diogo Duarte Dos Reis – PPG em Ciências dos Materiais
      – Cícero Rafael Cena Da Silva – PPG em Ciências dos Materiais
      – Cid Naudi Silva Campos –  PPG em Agronomia
  • A Proposta institucional da UFMS será composta por até cinco subprojetos, no máximo, sendo um para cada linha temática de apoio, previstas na Chamada Pública MCTIC/FINEP/CT-INFRA 04/2018.
  • Calendário
    • 20/08/2018 – entrega dos formulários preenchidos e documentos
    • 27/08/2018 – envio pela PROPP da proposta institucional à Finep

 


CHAMADA PÚBLICA MCTIC/FINEP/CT-INFRA 03/2018
Manutenção Preventiva de Equipamentos e Manutenção de Infraestrutura de Biotérios e de Coleções Biológicas de Microrganismos
Seleção pública de propostas para apoio a projetos institucionais de manutenção preventiva de equipamentos de pesquisa apoiados pelo FNDCT e manutenção da infraestutura de biotérios e de coleções biológicas de microorganismos nas ICT’s